Monday, July 14, 2014

O significado original da palavra “IAÔ”

Quando perguntados sobre o significado da palavra “IAÔ” (que é a pronúncia comumente atribuída à palavra “IYAWÓ”, da língua Iorubá), as pessoas ligadas ao Candomblé, iniciados ou não, e até mesmo os próprios Iorubanos dos nossos dias respondem: “Esposa”, mesmo sabendo esses últimos, que a palavra mais adequada para representar o substantivo (ou mesmo adjetivo) “ESPOSA” na língua Iorubá, é a palavra “AYA”.  Então, como a palavra ioruba para “IYAWÓ”, veio a representar a “ESPOSA”? Existe um Odú do Ifá (um trecho do Iwe Odu Ifa --- Ogbe Oyeku - Ogbe Ofun) que explica a etimologia da palavra “IYAWÓ”. Havia um Reino Iorubá de nome Iow. O seu Rei estava para casar a sua filha mais velha. Vários forma os pretendentes que se apresentaram para receber a mão da jovem em casamento. Dentre esses estavam Ogun Xangô e alguns outros Orixás de peso e nome. A jovem, de nome Iya, a todos desprezou. Além de maltratá-los, e se mostrou uma pessoa rude e de comportamento explosivo e problemático. Todos esses pretendentes fugiram no primeiro dia que passaram no Reino de Iow.

Antes de viajar para Iow, Orunmilá foi advertido de que, não se importasse com o comportamento que Iya tivesse para com ele. O conselho que lhe foi dado foi que tivesse muita paciência, pois seria extremamente maltratado e humilhado pela sua pretendida, mas que suportasse o teste.

Dito e acontecido. Ao chegar à presença de Iya, esta, ao ver Orunmilá soltou ela um silvo de serpente. Depois disso, ela não o cumprimentou nem retribuiu seu cumprimento. Ela chamou Orunmilá de todos os tipos de nomes, impropérios imprecações e atribuiu a ele todas as piores qualidades que pode imaginar. Não preparou para ele qualquer alimento ou dedicou lhe qualquer forma de entretenimento, como rezava o costume com relação a visitantes. Orunmilá apenas a ignorou. Assim neste quadro de iniqüidades, passaram os dias. O primeiro dia, o segundo dia, até cerca do sétimo dia. Nesse dia, para coroar todas as humilhações, Iya tomou de Orunmilá o seu Opon-Ifa e usou como instrumento de cozinha, e tomou a sua bolsa (APON OMINIJEKUN). Esses dois atos enfureceram a Orunmilá enormemente. Mas, mesmo assim, ele se recusou a reagir. Não mostrou qualquer sinal de raiva ou aborrecimento. O Rei, a distancia, tudo observava, e notou que Orunmilá era muito paciente e que no longo prazo, cuidaria bem da sua filha, e seria um bom esposo para ela. Pelo seu comportamento, o Rei  sentiu  a garantia de que ele seria o esposo ideal para sua filha se ela se tornasse esposa de Orunmilá. Assim, o Rei chamou Orunmilá e deu Iya a ele como esposa. Além disso, ele repartiu sua propriedade em duas partes, dando uma delas para Orunmilá, que assim tornou-se rico e tinha como Iya. De volta a sua cidade natal, as pessoas vendo que ele trazia ao seu lado, uma nova esposa, perguntavam sobre ela e ele respondia: “Ìyà-ti-mo-jẹ́-ni-Iwo”, que traduzido para o Português significa: “o resultado do meu martírio em Iwo”. Estas seis palavras foram condensadas em uma só: Iyawo, que representa essa passagem do revelada no Ifá e significa também uma boa esposa, vez que Iya se tornou uma excelente esposa. 

Referencia
https://www.facebook.com/notes/olaniyi-oluwatobi/original-meaning-of-iyawo/10201462489105778
Imagem: http://baronsamedilwaguede.blogspot.com.br/2011/03/ikodide.html 


No comments:

Post a Comment